terça-feira, 12 de novembro de 2013

The Revenge of Shinobi - Sega Mega Driver



The Revenge of Shinobi foi um dos grandes jogos do Mega Drive, e certamente um dos melhores jogos de ninja já feitos. Datado de 1989, o jogo segue o estilo plataforma 2D, onde o personagem progride horizontalmente na maioria das fazes da esquerda para a direita, terminando o conjunto de dois estágios com um chefe da fase.



Os comandos do jogo são bem interessantes. Aproveitando a disponibilidade do controle de 3 botões do Mega Drive, o ninja tem agregado ao botão A, 4 magias diferentes, que devem ser selecionadas na tela de Pause. Confesso que quando criança, não conhecia todas, só usando a primeira, que torna seu personagem invulnerável a 3 ataques, a segunda magia é Kairu, a invocação de um dragão de fogo que ataca toda a tela, a terceira magia, torna os saltos consideravelmente mais altos e a última magia é um harakiri que causa dano aos adversários.

A segunda magia, Kairu sendo usada.
Ataque das oito shurikens e o cheat ativado.
A cada estágio, o ninja Musashi tem uma magia a sua disposição, sendo que em alguns cenários, é possível encontrar um item que possibilita uma segunda ultilização. O personagem ataca usando Shurikens, facas pequenas que são atiradas em direção do inimigo. A maioria deles não resiste depois do primeiro ataque, outros precisam de 2 ou 3 shurikens para encontrar a morte.

O jogo tem um número limite de shirikens que se pode carregar, então administrar essa arma é um dos aspectos mais importantes do jogos, uma vez também que o pulo duplo (apertando C duas vezes) permite um ataque de oito shurikens ao mesmo tempo (C duas vezes, mais B).

Spider Man enfrentando o ninja Shinobi.
Felizmente, existia um cheat bastante comum que possibilitava shirikens infinitos, era só deixar o número de shirikens em zero por alguns segundos na tela de opções.

A SEGA nunca foi famosa por respeitar copyright e coisas do tipo, mas em Revenge of Shinobi, exagerou demais na dose. Originalmente era possível encontrar o Exterminador do Futuro, Rambo, Godzilla, Batman e até mesmo o Homem Aranha. Nas últimas versões (as que vinham junto com o console como 6 Pak e Top Ten) já consertavam algumas coisas, trazendo o Rambo careca, o esqueleto do Godzilla e o Batman transformado em um monstrengo qualquer, já o Aranha tinha uma permissão da Marvel para aparecer.


A história do jogo é bem manjada, segue o texto da versão americana:

"Nos refúgios impenetráveis das montanhas japonesas existem guerreiros místicos. Eles são os Ninjas, mestres da batalha, que possuem poderes aparentemente impossíveis. Em combate, eles podem saltar a deslumbrantes alturas; Quando atingidos, permanecem ilesos; Do céu, eles podem invocar chamas para torrar seus inimigos.
Joe Musashi estudou as técnicas Ninja desde que era pequeno. Ele já foi o mais fraco de seu dojô, facilmente dominado por todos, mas agora, depois de anos de práticas e meditação, ele finalmente dominou a habilidade de ninjitsu; A arte de se esconder e enganar, a arte da Katana e do Shuriken, e o controle dos quatro elementos através da magia Ninja. Ele se tornou Shinobi. Ele vê e sabe tudo.
Agora o sindicato criminoso do mal Neo Zeed enviou seu ninjas, soldados e espiões para dominar o mundo. Como uma advertência para o clã de Oboro, eles assassinaram o sensei do Musashi, e seqüestraram a bela Naoko. Shinobi jurou vingar a morte de seu mestre. Ele não parará até que o último dos subordinados do Neo Zeed seja destruído."

Então o esquema é simples, matar todo mundo da Zeed, vingar seu sensei e salvar Naoko.

Mas o jogo não facilitava não, era possível ter dois finais diferentes ao término do jogo. O último chefe aprisiona Naoko em uma cela com uma armadilha que pode esmagar a japonesinha, para salva-la, é preciso vencer o adversário enquanto joga shirikens nas correntes que seguram a pedra que matará sua namorada.

Tarefa difícil demais, principalmente se você está com poucos shurikens.

Joe Musashi, a namorada presa, e o chefe com ataque Joelma do Calipso.
Um dos finais mostra Joe e sua amada saindo do endereço do vilão e contemplando as estrelas, o outro, onde ela morre, Musashi olha solitário para as mesmas estrelas.

Sempre preferi o final sem Naoko, não sei porque...

Capa do jogo

Por fim, classifico Shinobi como um bom jogo. Difícil mas honesto, moderno para seu tempo, e essencial para o Mega Drive.


Baixe já sua rom, e jogue no seu emulador favorito!

Android Players